"Diagnóstico não é destino"

Meu diário

Terapias complementares e minha rotina

thumb_IMG_2718_1024

Alimentação: Na primeira semana que tive o diagnóstico de Espondilite Anquilosante (EA), eu já cortei da minha alimentação o glúten e a proteína do leite. Cortei de forma radical mesmo, nada de ir tirando aos poucos, se eu ingiro algo com uma dessas substancias, no mesmo dia sinto dores articulares.

Infiltração: Em janeiro eu estava no 4º mês de injeção do Simponi, ainda com muita dor no sacro, bastante rigidez e dificuldade para caminhar, ou seja, a terapia biológica não estava sendo suficiente para conter a inflamação. Então no dia 18 de janeiro, fiz uma infiltração guiada por ultrassom no sacro, que aliviou em 99% a dor.

Terapia Farmacológica: Diariamente eu faço uso de antiinflamatório (Arcoxia 90mg), modulador da dor (Cymbalta 60mg) e para dor neuropática (Gabapentina 400mg). As injeções de Simponi fazia ate o mês de marco a cada 28 dias, porem o efeito da injeção durava somente 21 dias e os últimos sete dias eu ficava muito ruim, dor e fadiga. Então a partir de abril estou fazendo a injeção a cada 21 dias.

Manipulados: uso de suplementos a base de extrato de cúrcuma seco (prescrito por nutricionista), todos os dias a noite tomo probióticos, além da suplementação para os treinos.

Chás: tomo chá de moringa (potente antiinflamatório) 3 vezes ao dia e a noite tomo chá de melissa que ajuda a relaxar o corpo para dormir.

Exercício físico: O exercício físico é um dos pilares do tratamento da EA, no dia que não faço exercício me sinto muito mais rígida. Faço musculação 3 vezes na semana, funcional 2 vezes e nado 4 vezes por semana. Além disso pratico ciclismo e corrida, devido ao triathlon. Eu treino todos os dias.

Liberação miofascial: Faço há 3 anos duas vezes na semana, e na fase aguda da EA, a massagem foi essencial para eu manter a flexibilidade, amplitude de movimento e para alivio da dor. Devido ao processo inflamatório das articulações, faço muito espasmo muscular, então a liberação miofascial é essencial.

Mesoterapia: é a aplicação de medicamento por via intramuscular, faço com a Nutróloga Dra. Bianka Bagatolli. Aplico uma vez na semana, os seguintes componentes: Hmb, Glutamina, Vanadio, L-Carnitina e Creatina. Faco as aplicações com o objetivo de manter a imunidade, ganho de massa muscular e diminuição da fadiga, causada pela doença.

Drenagem linfática: faço quando estou com estou com edema articular,o edema comprimi as terminações nervosas, por isso a dor local. Então a drenagem ajuda a aliviar a dor.

Adesivo Transdérmico: tenho sempre o Targus Lat (Flurbiprofeno) na geladeira em caso de dor, ele tem ação analgésica e antiinflamatória. Deixo guardado na geladeira, ele gelado da um alivio imenso na dor, principalmente em coluna e joelho.

O que é Artralgia?
Meu 1º Ironman

Posts Relacionados

Comentários

 

Inscreva-se para ser avisado sobre novos posts

© Copyright 2018 - Fernanda Hayde

Ventura Web Solutions

Assine o nosso BLOG e seja notificado quando houver uma nova postagem!