"Diagnóstico não é destino"

Meu diário

Imunossuprimido, e dai?

39249491_486246678505070_7257927828916666368_n Foto Fernanda Hayde

Eu sempre tive uma imunidade excelente, nunca ficava doente, e com o diagnóstico da Espondilite Anquilosante, passei a cuidar mais ainda disso.

Com as minhas nutricionistas, faço a alimentação sem glúten e proteína do leite e uso suplementos a base de extrato de cúrcuma seca, vitamina E, acido fólico, ômega 3 e varias outras coisas.

Estou sando o biológico Simponi, ha 10 meses, nunca tinha tido nenhuma "ite" (laringite, rinite, faringite, otite...), me orgulhava disso, (orgulho sim!!)pois, da muito trabalho ser tão regrada.

Mas, na semana do dia 30 de julho a 5 de agosto, eu estava em São Paulo, fazendo um curso de PNL com o Marcos Zanella (curso fantástico, mudou minha vida!!!), isso modificou minha rotina, o clima em SP, estava muito frio, os horários de sono, a alimentação (por mais que eu tentei seguir a risca minhas restrições), e exigiu muito do meu corpo e minha mente principalmente.

No 4º dia de curso já entrei em fadiga, comecei a sentir meu ouvido e garganta incomodado, mas nada além do que já estou acostumada.

Quando voltei para Blumenau, no avião eu estava sentindo a otite, porém quando o piloto disse que iriamos começar a descer, aquele momento foi insuportável, meu ouvido parecia que estava estourando.

Cheguei em casa e fiz o erro de somente ir na farmácia e comprar um medicamento para otite, mesmo tendo acreditando lá no fundo que algo estava errado com meu tímpano, no segundo dia que pinguei o medicamento e senti o gosto na língua (achei estanho), fui dormir, quando acordei de madrugada, tive uma das piores sensações da minha vida "de quase morte", como meu tímpano estava perfurado o medicamento anestesiou todo o meu labirinto, a crise de labirintite foi surreal, fui para o pronto socorro e sai de lá melhor e com tratamento pra a labirintite.

Segui fazendo o tratamento, mas eu me sentia mal, muito sono, mas muito mesmo, dor de cabeça e um cansaço físico absurdo, e a noite tinha um sono conturbado, suava muito, acordava com a roupa toda molhada (sabia que era febre), mas como eu tomo muita medicação, a febre ficava, alias os sintomas estavam mascarados.

Tive um pensamento súbito "Fernanda, liga para seu reumatologista", na hora liguei e passei os sintomas, e eu tinha feito a injeção de simponi nesta semana, meu medico me disse que estava com característica de processo infeccioso.

Fui ao pneumologista e não deu outra, estava com pneumonia, faringite e otite e perfurei o tímpano por barotrauma no avião.

Ou seja, estava fantástica hahaha...iniciei o tratamento e estou melhorando aos poucos...

É a EA, esta me fazendo sentir na pele coisas que eu só via como fisioterapeuta, já atendi muito paciente com pneumonia, mas nunca me imaginei com...

Ser um paciente imunossuprimido (redução da atividade ou eficiência do sistema imunológico), requer muitos cuidados com a nossa rotina.

Mas isso não faz de nós uns coitados, faz de nós pessoas especiais, pessoas iluminadas que estão nesse mundo para dar o nosso melhor e ajudar o próximo.


#JUNTOSSOMOSMAISFORTES #diagnosticonaoédestino #blogfernandahayde #espondiliteanquilosante 

A importância dos Suplementos!
ABUSE DA BETERRABA!!!

Posts Relacionados

Comentários

 

Inscreva-se para ser avisado sobre novos posts

© Copyright 2018 - Fernanda Hayde

Ventura Web Solutions