"Diagnóstico não é destino"

Especialistas

Os benefícios da natação no paciente com Espondilite Anquilosante

Os benefícios da natação no paciente com Espondilite Anquilosante

O exercício físico, em especial a natação, desempenha um papel muito importante na intervenção em pacientes com espondilite anquilosante (EA). Esta modalidade tende a influenciar positivamente no tratamento, de forma que reduz a dor e promove um aumento da capacidade funcional.

Em apenas 3 semanas observa-se uma melhora significativa, elevando a capacidade física e respiratória, a qualidade do sono e diminuindo as dores.

Um outro sintoma da EA é a rigidez nas articulações, e, por se tratar de exercícios no âmbito aquático, não há consequências do impacto, aprimorando, assim, a mobilidade da coluna, quadril e ombros.

 A natação apresenta, portanto, um ótimo recurso para a preservação dos movimentos, manutenção da postura e capacidade funcional, bem como minimiza a gravidade da dor e a rigidez matinal dos indivíduos com EA.

Pontos a serem observados durante a prática da natação:

- Procure começar de leve o exercício e gradativamente ir aumentando a intensidade;

- O implemento de materiais, tais como, polibóia, em que pese auxiliar na flutuabilidade do paciente, deve ter seu uso moderado, preferencialmente de forma intercalada, para evitar a sobrecarrega na região lombar;

- Os estilos de nado peito e borboleta devem ser evitados, uma vez que se realizados de maneira incorreta, podem agravar o quadro do individuo;

- Alerta-se para que a prática de atividades físicas seja acompanhada por profissional habilitado.

Você é o que você come!
Controlar não cabe a nós

Comentários

 

Inscreva-se para ser avisado sobre novos posts

© Copyright 2018 - Fernanda Hayde

Ventura Web Solutions

Assine o nosso BLOG e seja notificado quando houver uma nova postagem!