"Diagnóstico não é destino"

Depoimentos

Do Diabetes ao Ironman

46337828_1914635665287201_8139379341394968576_n FOTO RODRIGO ARAUJO

Meu nome é Rodrigo Araújo, tenho 37 anos, sou profissional de marketing natural de São Paulo com residência em Alphaville-Barueri. Minha história no esporte começou em 2004 quando fui diagnosticado Diabético Tipo 1 (insulino dependente) aos 23 anos de idade. O Diabetes é uma doença grave, porém relativamente silenciosa, causada pela incapacidade total ou parcial da produção de insulina pelo pâncreas. Se não houver tratamento adequado pode gerar uma série de complicações como infarto, AVC, cegueira, amputação de membros, dentre outros. 

Os primeiros meses do diagnóstico foram bem difíceis, pois além da falta de informação tive dificuldade em encontrar o tratamento adequado. Mas logo vi que com uma boa alimentação, medicamentos e a prática de atividade física poderia ter uma vida "normal". Comecei a correr semanas depois do diagnóstico (na verdade era um aquecimento de 2KM - 3KM antes dos treinos de musculação). 

Em pouco tempo já estava focado na corrida fazendo meus primeiros 10KM com a glicemia muito mais controlada. Nunca pensei em participar de uma prova até ser convidado para uma corrida no Parque do Ibirapuera meses depois. Sem dúvida uma das melhores experiências da minha vida, correndo ao lado de amigos com meus pais esperando na linha de chegada. Desde então nunca mais parei. Parti para a Meia Maratona e me tornei maratonista depois de 1 ano. 

Uma realização incrível para quem achava que iria morrer por conta do diagnóstico. Foram 10 anos correndo diferentes distâncias com 9 maratonas (algumas internacionais) no currículo. Mas ainda faltava algo. Por isso, resolvi buscar o grande sonho de me tornar triatleta e completar o IronMan. Como vocês sabem o IronMan é uma modalidade de alto rendimento que exige extrema dedicação de profissionais e amadores. Sendo que o desafio de controlar a glicemia nos treinos e provas torna tudo ainda mais dificil. Estou no Tri há pouco mais de 2 anos e já completei 3 70.3 (Buenos Aires, Rio, Floripa), além do IM Brasil este ano. O diagnóstico e o esporte mudaram minha vida, por isso meu propósito é ajudar outras pessoas a encontrar o caminho. 

Assim, minha trajetória "Do Diabetes Ao IronMan" tem inspirado muita gente a ter uma vida mais saudável. Tenho a felicidade de ter a Johnson & Johnson (com a marca One Touch) como parceira e patrocinadora, mostrando minha história como exemplo de superação. Sempre digo que essa vitória não é só minha, mas de todos aqueles que acreditam em seus sonhos e se dedicam para um dia chegar lá. Meu objetivo é seguir evoluindo no esporte, tendo como grande sonho o Mundial do IronMan no Hawaii. Claro que é uma vaga difícil de ser conquistada, mas longe de ser impossível depois de tudo o que vivi. Afinal, o melhor de tudo é pensar que se não fosse pelo Diabetes, nada disso teria acontecido. 

Anything is possible

Um furacão chamado Espondilite Anquilosante
O PODER DA PRÁTICA RESPIRATÓRIA

Posts Relacionados

Comentários

 

Inscreva-se para ser avisado sobre novos posts

© Copyright 2018 - Fernanda Hayde

Ventura Web Solutions